1) Caso tenha se alimentado com comidas leves, espere pelo menos uma hora para realizar sua prática. Se tiver ingerido uma refeição mais completa, inicie a prática pelo menos quatro horas depois. Se possível pratique com estômago e intestinos vazios.


2) Aproveite os momentos que antecedem a prática para ir aquietando os pensamentos e ficar em silêncio. Antes da aula fale somente o que for necessário, comece a se interiorizar e cultive conscientemente um estado de presença.


3) Informe seu professor caso esteja com alguma dor ou situação diferente que exija atenção. Seja autoresponsável em sua prática e caso perceba que algo não está bem, suspenda a atividade e comunique.


4) Fique atento as dores que possuam surgir com a prática, dores musculares podem existir quando trabalhamos partes do corpo ainda rígidas, mas que com o tempo desaparecem. Quando sentir dores nas articulações ou algum sintoma anormal é importante comunicar o professor e ver a necessidade de procurar um médico especializado.


5) Yoga não é uma prática competitiva e nem para ficar se comparando com os outros. Cada um possui uma história e uma capacidade. Procure não ir além nem aquém do seu momento atual, seja determinado, verdadeiro e não violento consigo mesmo. Procure o ponto de equilíbrio que te permita avançar com segurança. O desafio é ter constância, paciência e se desenvolver gradualmente a partir do ponto em que você se encontra.


6) O "melhor" yogui, se é que esse conceito é possível, não é aquele que coloca o pé atrás da cabeça ou faz contorcionismos exuberantes, mas aquele que vive em paz, possui saúde, sente alegria, plenitude e ajuda de coração aos outros e ao mundo. No Yoga o autoconhecimento é a questão central, as posturas são apenas um meio e não o fim.


7) Mulheres no período menstrual, sobretudo no seu início, devem evitar práticas fortes e que façam muita contração na região pélvica. Posturas invertidas devem ser evitadas pois mudam o curso natural do menstruação. No mundo moderno a maioria das mulheres perdeu a conexão com seu ciclo de fertilidade e segunda a medicina ayurvédica, a menstruação promove o equilíbrio entre atividade e repouso e purifica o corpo. Portanto, respeite com amor e cuidado esse período.


8) É indicado que mulheres grávidas, sobretudo aquelas que nunca praticaram yoga, que façam uma prática direcionada com um profissional especializado em gestantes.